Busca
    

Marcas do conservadorismo

Edição 282

BB DTVM mantém liderança no mercado de administração de recursos com captação mais concentrada em renda fixa e previdência aberta

Com captação mais concentrada em fundos de renda fixa e planos de previdência aberta, a BB DTVM manteve a liderança no mercado de administração de recursos com

Novidades na distribuição

Edição 280

Administradores e custodiantes oferecem suporte para assets independentes que pretendem distribuir seus próprios produtos

Grandes instituições financeiras que atuam no segmento de administração e custódia, como BNY Mellon e Citi, preparam suas estruturas para receber uma nova demanda que deve começar a surgir no mercado nos próximos

Mercado mais concorrido

Edição 267

A constante troca da liderança e a chegada de players de peso devem manter aquecido o mercado de custódia e serviços para terceiros em 2015

O ano de 2014 foi um período de mudanças relevantes para os principais players que atuam no mercado de custódia no país,

Brasil no radar do estrangeiro

Edição 267

Mesmo com a série de incertezas que rondam a economia brasileira, recursos custodiados de investidores externos apresentam crescimento

No mercado externo de custódia, entre os cinco primeiros colocados no ranking da Anbima, apenas o Citi, líder do segmento, conseguiu crescer ao longo de 2014, até novembro, para

Crescimento com previdência

Edição 267

Líder do mercado, BB DTVM cresce com captação de previdência aberta e varejo; BNY Mellon reduz volume de ativos, mas prepara ofensiva comercial

A BB DTVM se manteve no topo do ranking de administração fiduciária ao apresentar crescimento de 15% no volume de ativos em 2014. Considerando

Intrag ganha com a crise do Postalis

Edição 265

O processo da Fundação Postalis contra o BNY Mellon, administradora fiduciária do fundo Sovereign II que adquiriu irregularmente títulos da dívida argentina para sua carteira, está sendo bem aproveitado pelos concorrentes. Uma delas é a Intrag, empresa do Itaú direcionada à custódia e administração fiduciária, que já conquistou

BB cresce e procura parceiro

Carlos Massaru Takahashi, da BB DTVM Edição 256

Banco do Brasil mantém a liderança na área de administração de recursos e estuda parceria com novo sócio para oferecer serviço a terceiros

“Em time que está ganhando não se mexe” não é uma frase que serve para se referir à área de administração fiduciária do Banco

WEBINAR 4.661

VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês